Os Miseráveis (Les Misérables-1995)


Os Miseráveis (Les Misèrables-1995)


Direção: Claude Lelouch

Elenco: Jean-Paul Belmondo, Michel Boujenah, Alessandra Martines, Salomé Lelouch, Annie Girardot, Philippe Léotard... Duração: 170min

Cada época tem seus miseráveis.

O diretor Claude Lelouch realiza, nesse filme, um paralelo entre a obra de Vitor Hugo (com a situação catastrófica da época da Revolução Francesa) e o cenário da Segunda Guerra Mundial, na França.

Como todos os filmes de Lelouch, este é rico em personagens cujas vidas se entrecruzam.


Sinopse:
Para o humilde Henri Fortin (Jean-Paul Belmondo), a vida sempre foi um grande desafio. Desafios imensos o aguardam quando em seu caminho cruzam três pessoas desesperadas, fugindo do terror nazista.

Na primeira fase do filme, Henri Fortin, assim como o personagem de Vitor Hugo (Jean Valjean preso por roubar um pedaço de pão) - é preso por um crime que não cometeu e amarga o inferno na prisão francesa. Sua esposa acaba por ter que se prostituir para o patrão, sob os olhos de seu próprio filho, sendo constantemente humilhada.


Numa segunda fase, já sob o terror nazista, Henri Fortin dá carona a uma família de judeus em fuga.


Analfabeto, encanta-se com a leitura de "Os Miseráveis" pela garotinha da família, enquanto dirige seu caminhão.

Começa, então, a paráfrase genial de Claude Lelouch - comparando as duas épocas com as sagas das personagens.

A família é obrigada a deixar a garota sob seus cuidados, e Henri a interna em um convento católico onde a menina passará por novas provações durante a guerra.

A partir daí, Henri Fortin vê-se envolvido pelo turbilhão da guerra: o colaboracionismo, a Resistência Francesa... Sua existência reflete com clareza a luta entre o bem e o mal que existe dentro de cada ser humano. Capaz de realizar atos heróicos em um momento e ser levado pelo desespero criminoso no instante seguinte.


Enquanto isso, continuam a correr paralelamente a história do marido, escondido em uma fazenda de aproveitadores que espoliavam sua conta na Suíça, separado da esposa - destinada a "servir" aos nazistas e colaboracionistas, a saga da garota no convento, e por aí vai.


A trama chega ao período de pós-guerra com a caça-às-bruxas do colaboracionismo, e a França tentando retomar seu destino.

Como disse um crítico, certa vez: é um filme difícil de contar... mas imperdível, principalmente imperdível.

Eu diria: principalmente inesquecível.

(Aliás, inesquecível é a cena em que Henri e seus amigos vão à Normandia recepcionar os invasores aliados, sob uma tempestade de fogo e a visão emocionante dos paraquedistas...)


Oriza Martins///

6 comentários:

Dessa disse...

Well said.

Anônimo disse...

Gostaria de adquirir esta versão do filme. Onde posso compra-la?

cassyus1960@yahoo.com.br

Anônimo disse...

como adquirir este filme esta vresão de 1995?
cassyus1960@yahoo.com.br

jose eduardo ferreira disse...

ola eu adoro os filmes de jean paul belmondo mas nao consigo encontrar onde baixalos ..se alguem me puder ajudar agradeço eduardo. quanto ao blog e o maximo adorei

Joao Luiz disse...

Algum de voces que postou esses comentários sobre o filme conseguiu-o???

Unknown disse...

eu ate hoje nao consegui jose eduardo