Paris está em Chamas? (Paris Brûle-t-il? - 1966)

Paris está em chamas?
É um filme feito ao estilo de "O Mais Longo dos Dias".
Com 165 minutos, em preto e branco, um quase-documentário, mostrando os dias que antecederam à libertação de Paris, em agosto de 1944.

Seu elenco também é estelar, com famosos nomes do cinema vivendo papéis grandes ou pequenos, mas de rápida abordagem, por conta da grande quantidade de informações que precisam ser passadas em menos de três horas de filme. (Jean Paul Belmondo, Charles Boyer, Kirk Douglas, Leslie Caron, Alain Delon, Glenn Ford, Anthony Perkins, Orson Welles, Yves Montand, Simone Signoret, entre outros).

Sinopse:Durante quatro anos e meio, na 2ª Guerra Mundial, Paris esteve ocupada. Quando a guerra já estava perdida para a Alemanha e o avanço dos Aliados para recuperar a capital francesa era inevitável, partiu uma ordem do próprio Hitler (Billy Frick) para incendiar Paris totalmente, incluindo seus monumentos e museus. Entretanto o próprio comandante alemão em Paris reluta em dar esta ordem, pois considera tal sacrifício inútil. O General von Choltitz era admirador das artes e preferiu negociar com a Resistência Francesa, poupando a cidade da destruição. Em poucos dias, estoura a insurreição popular, liderada pela Resistência Francesa, culminando com a Batalha de Paris e a retomada triunfal da capital em 25 de agosto de 1944.

Título Original: Paris Brûle-t-il?
Gênero: Drama
Tempo de Duração: 165 minutos
Ano de Lançamento (França / EUA): 1966
Estúdio: Marianne Productions S.A. / Transcontinental Films
Direção: René Clement
Roteiro: Gore Vidal e Francis Ford Coppola, baseado em livro de Larry Collins e Dominique LaPierre
Produção: Paul Graetz
Música: Maurice Jarre

Elenco
Jean-Paul Belmondo (Pierrelot / Yves Morandat)
Charles Boyer (Dr. Monod)
Leslie Caron (Françoise Labé)
Jean-Pierre Cassel (Tenente Henri Karcher)
Bruno Cremer (Coronel Rol Tanguy)
Claude Dauphin (Coronel Lebel)
Alain Delon (Jacques Chaban-Delmas)
Kirk Douglas (General George S. Patton Jr.)
Pierre Dux (Cerat / Alexandre Parodi)
Glenn Ford (General Omar N. Bradley)
Gert Fröbe (General Dietrich von Choltitz)
Daniel Gélin (Yves Bayet)
Hannes Massemer (General Jodl)
Harry Meyen (Tenente von Arnin)
Yves Montand (Sargento Marcel Bizien)
Anthony Perkins (Sargento Warren)
Michel Piccoli (Edgar Pisani)Wolfgang Preiss (Ebernach)
Claude Rich (General Leclerc)
Robert Stack (General Sibert)
Jean-Louis Trintignant (Capitão Serge)
Pierre Vaneck (Major Roger Galois)
Marie Versini (Claire Morandat)
Skip Ward (Charlie)
Orson Welles (Cônsul Raoul Nordling)
Billy Frick (Adolf Hitler)
Ernst Fritz Fürbringer (General von Voineburg)
Simone Signoret
Georges Géret
George Chakiris
E.G. Marshall
Michel Lonsdale

Curiosidades:



- É antológica a cena em que um representante da Resistência Francesa vai até o front dialogar com os americanos e é atendido por um general. O militante fica sem fôlego ao saber que estava conversando com o General Patton em pessoa - vivido por Kirk Douglas -, que lhe oferece um vinho para brindarem à libertação de Paris (Patton adorava pessoas de coragem e curtir grandes momentos).


- Outra cena curiosa: em meio à algazarra com a chegada dos americanos, beijos das francesas, etc., um recruta fica sem fala quando de repente se depara com a Torre Eiffel.


- Recebeu 2 indicações ao Oscar, nas seguintes categorias: Melhor Fotografia - Preto e Branco e Melhor Direção de Arte - Preto e Branco


- Recebeu uma indicação ao Globo de Ouro de Melhor Trilha Sonora.

- Um dos motivos pelos quais se optou por rodar o filme em preto e branco foi a cor das bandeiras nazistas, já que as autoridades francesas não permitiram que bandeiras nazistas com as cores vermelha e preta fossem exibidas em Paris.

- Alguns dos atores franceses do elenco, entre eles Charles Boyer, Leslie Caron e Jean-Pierre Cassel, dublaram seus próprios personagens na versão em inglês do filme.

- Durante as filmagens um carteiro francês caiu de sua bicicleta ao ver um grupo de extras vestidos como soldados nazistas em pleno Champs Elysées, durante uma pausa para o almoço. O carteiro começou a correr e a gritar que "eles estavam de volta".

- Os créditos finais são exibidos a cores.
Fontes: IMDb, adorocinema, wikipedia


<><><><><>

 MEGALISTA de filmes sobre a Segunda Guerra Mundial

*****

Um comentário:

Terceiro Olho disse...

Obrigado pelas informações!